sábado, 20 de novembro de 2010

Da série... Alguém me dá?

Alguém tem o telefone do VCJA - Viciados em Cerejeiras Japonesas Anônimos? :P
PS: Falta MENOS DE UM ANO para o nosso casamento!!! ;-)

Bom sábado!!!!

Bejos,
Juju

Fonte: modernweddingshop.com.au

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

FALTA EXATAMENTE 1 ANO!!!

Finalmente essas alianças vão começar a andar! :)

Aeee!!!!!! Estamos em festa!!!! 
Falta exatamente 1 ano para o big day!!!!

Chego a ficar arrepiada de imaginar que essa mesma hora daqui há um ano estarei tão pertinho de casar com o homem da minha vida...

Desde que começamos os preparativos, as pessoas dizem pra gente.. "Ihhh... Vocês vão ver... Os preparativos voam... Você piscou o ano passa!" A ansidade é tanta que acho que está é demorando muito! rsrs Tomara que essa reta final seja diferente.

Nós. Daqui há 1 aninho Sr e Sra!!!
Que esse aninho que falta seja tão gostoso como esse que passou: Espero muito que a gente continue se divertindo muito com os preparativos

Me alegra e emociona muito pensar em tudo que passamos e no que está por vir.

Começou!!!

"Quero acordar de manhã do seu lado. E aturar qualquer babado... Vou ficar apaixonado, no teu peito aconchegado. Ver você dormindo é tão lindo! É tudo que eu quero pra mim..." =)  Cidade Negra


Beijos,
Juju 


Fonte: Acervo Pessoal e bom e velho Google Imagens

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Maratona de férias: A busca pelo vestido perfeito... Parte 2

Como o preço para aluguel do vestido que fez meu coração bater mais forte era fora de cogitação e, a opção de importá-lo me deixava ansiosa e com muitas dúvidas em relação ao custo X benefício, resolvi então ir em alguns lugares conferir qual seria o valor para mandar fazer uma réplica do meu vestidón.

O primeiro lugar onde fui fazer orçamento foi em uma costureira super bem falada por algumas noivas do grupo do yahoo.

Fui com uma amiga que entende alguma coisa de costura, porque eu sou uma negação nesse assunto... Mal sei a diferença entre tule e seda! rsrsrsrs

Gostei bastante do atendimento dela, ela parecia saber muito bem do que estava falando, trabalha com isso há anos. Porém, três coisas me deixaram meio "assim assim"...

Primeiro, a pressão para fechar logo. Poucas coisas me irritam mais do que isso... Aff... Estou com bastante tempo até o casamento, e, além do mais, não estou decidindo com que roupa vou ali na esquina. É meu vestido de noiva poxa

Depois, ao ver os vestidos expostos na sala dela, nenhum me agradou muito. Tudo bem que sou o pior tipo de noiva possível no quesito gostar de vestidos, mas esperava que algum pelo menos me causasse admiração, sei lá.
E por último e mais importante... Tudo para ela era "muito fácil". Não sei se vocês vão conseguir entender minha encanação... Tem alguns aspectos no meu vestidón que eu, mesmo leiga no assunto, sei que são complicadinhos de executar. 

E, quando eu ressaltava essas características, tudo ela dizia ser a coisa mais simples do mundo. Não sei porque, mas essa atitude ao invés de me passar confiança, me deixou ainda mais insegura.



O orçamento que ela me passou para primeiro aluguel da réplica do meu amado vestido foi muito bom: metade do preço para alugar na representante oficial da marca no Rio e já com coisas como o véu e a almofadinha para aliança inclusos.

Saí de lá mais confusa do que entrei... 

Queria muito ter gostado dela, afinal o preço era muito convidativo, mas não consegui ter a segurança necessária para fechar. 

Quando você fecha com uma costureira, você entrega uma parte do seu sonho nas mãos dela, né?!? Tem que ter total confiança que vai tudo ficar do jeito que você sonhou... 

Afinal, já imaginou se o meu vestido "tããããããão fácil de fazer" sai completamente diferente do modelo original?!? Seria uma decepção sem tamanho.

Então, resolvi não arriscar mais com costureiras e ir direto a lojas que fazem primeiro aluguel sob medida e ateliers mais "famosinhos".

Beijos,
Juju


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Maratona de férias: A busca pelo vestido perfeito... Parte 1

Muita gente considera o vestido de noiva o item mais importante do casamento... 

Eu sabia que o vestido seria - junto com a fotografia e a casa de festas - um dos itens prioritários do big day, mas nunca tinha pensado muito a sério no assunto.

A-P-A-I-X-O-N-A-D-A por casamentos como sou, imaginava que minha maior dificuldade seria escolher um modelo entre tantos lindos que vemos por aí...

Ledo engano!

Eu simplesmente não conseguia gostar de nenhum vestido de noiva!!! Quer dizer, gostar até gostava - em alguma outra noiva que não eu. :/

Não posso entrar muito em detalhes, porque o noivo frequenta o blog todo santo dia, mas é que eu tenho muitas restrições... Não gosto de um monte de coisas super default em vestidos de noiva e por isso acabo ficando super limitada em opções de modelos. 

Minha primeira visita (ainda em julho, lembram?) a uma loja de vestidos de noivas me ajudou em dois aspectos: Primeiro, pude ver quais tipos de modelos ficam bem no meu corpo. Depois, vi que sim... nasci para ser noiva!! hahaha 

Nasci para isso, de verdade! :-) Tenho algumas amigas que dizem que se sentiram super estranhas e desconfortáveis vestidas de noiva.. Eu não, me achei o máximo! rsrsrs 

Por mim, saia de noiva todos os dias para trabalhar. 


Mas... mesmo me sentindo tão bem, saí da loja sabendo que a missão ia ser dura. Nenhum daqueles modelos era o MEU vestido, todos tinham milhares de mini defeitos inaceitáveis.

Como noiva PDH em pesquisas casamentícias que sou, continuei olhando modelos por aí, sem muita pressa - até pq o que me falta de dinheiro, sobra de tempo até o casamento- até que... tã tã tã tããããããã. Achei!!!

Era ele. Lindo, perfeito, saído dos meus sonhos!!! O MEU vestido de noiva.

Fácil né? Nem tanto... Achei o vestidón (como dizem minhas queridas noivinhas do yahoo) em um site gringo. 

A sorte que o modelo era de um grife super famosa e com representantes no Rio.

E lá fui eu entrar em contato com os representantes, em busca do vestido perfeito. E então... Veio o balde de água fria: O vestido só deve chegar ao Brasil em dezembro e com um preço de primeiro aluguel muitos dinheirinhos além do que meu pobre bolso de noiva poderia pagar...  =(

Ahhh... fiquei arrasada por uns 5 minutos e fui direto descobrir com podia fazer para importar meu vestido dos sonhos! rs 

Já tinha visto histórias de algumas meninas que mandaram trazer o vestido do exterior e acabaram pagando na compra um valor menor do que o aluguel surreal que o povo pede no Brasil.

Nessas pesquisas, descobri uma loja em NYC que encomenda vestidos de grifes famosas e envia para o Brasil. Cheguei a trocar alguns e-mails com eles, mas ainda estava na dúvida se o custo de importação mais o preço para ajustar o vestido aqui no Brasil valeria à pena
Comecei então, a orçar quanto seria fazer o primeiro aluguel de uma réplica dele em uma costureira ou atelier... Mais isso é assunto para outra postagem! :)

Beijos,
Juju

Fonte: 1- Túlio Thomé 2- Patricia Figueira 3- Fabrícia Soares

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...